Programas de governo no Brasil: as estratégias econômicas do PT em debate.

Cruz, Matheus; Freitas, Urania Flores da Cruz
Abstract:
No dia 27 de outubro de 2002, Luiz Inácio “Lula” da Silva foi eleito presidente do Brasil, o programa defendido por ele era diametralmente oposto ao que ocorreu no governo Fernando Henrique Cardoso. Com Lula, o Brasil saiu do mapa da fome, diminuiu substancialmente a miséria e acabou com o processo de privatização que ocorria em larga escala, naquele momento. Dentre as políticas publicas postas em ação pelo governo este artigo destacará duas, a saber o “Minha Casa Minha Vida” e a valorização sistemática do salário mínimo acima da inflação. Esses programas, dentre outros, atacaram problemas graves no Brasil, para além disso esses programas foram permitidos porque nenhum interferia nos ganhos dos grandes capitalistas, alguns até geraram ganhos ao mercado. Assim, enquanto a economia era pujante nenhum dos programas foi afetado, no entanto, a partir de 2014 durante o governo de Dilma Rousseff, a economia nacional e internacional já não estava tão bem quanto antes, mas, era ano de pleito eleitoral. Então, nenhuma medida drástica foi tomada No começo de 2015, com o agravamento da crise, a presidenta do Brasil começou a diminuir o investimento nesses programas, o único programa que não sofreu alteração foi o salário mínimo que ainda foi reajustado acima da inflação, os outros 3 tiveram cortes e mudanças que foram de encontro ao projeto inicial de 2003, tais medidas foram tomadas pela pressão exercida tanto pelo mercado internacional quanto pelo congresso, que estavam armando um golpe para retirar da presidência Dilma Rousseff, que fora eleita democraticamente no pleito de 2014. Tal fato nos levanta a hipótese de que essas políticas de valorização só entram em prática quando o mercado permite, mostrando assim, a interdependência entre o estado e o capital, por que ao mínimo sinal de problema os governos sempre voltam a solução em que a população paga o prejuízo, e a parcela pobre da população é a que mais paga, mas os bancos e o mercado internacional ficam ainda com seus lucros. Esta é a solução neoliberal usada em vários países europeus visando a solução a partir da crise de 2008. Por fim, o objetivo do texto é ver como as politicas econômicas são implementadas com a lógica dos dois atores: governo e mercado.
Área(s) temática(s):
Año:
2016
Tipo de publicación:
Paper/Extenso Congresos GIGAPP
Número:
2016-015
Serie:
VII Congreso Internacional en Gobierno, Administración y Politicas Públicas. GIGAPP 03-05 octubre 2016.
Dirección:
Madrid, España
Organización:
GIGAPP. Asociación Grupo de Investigacion en Gobierno, Administración y Políticas Públicas
Mes:
Octubre
Nota:
AVISO IMPORTANTE: CUALQUIER PERSONA O PARTICIPANTE EN CONGRESO GIGAPP DEBERÁ REMITIR UN EMAIL AL AUTOR(A) PRINCIPAL, EN CASO QUE DESEE ACCEDER A UNA COPIA ELECTRÓNICA DE ESTE DOCUMENTO matheus.melo@usp.br
Hits: 1991