O uso da Análise Envoltória de Dados (dea) na busca da eficiência na saúde nos municípios do Rio Grande do Norte/Brasil no ano de 2014

Albuquerque Neta Barros, Terezinha Cabral; Almeida, Lindijane de Souza Bento
Abstract:
O presente trabalho busca refletir sobre a aplicação da Data Envelopment Analisys (DEA), que é uma técnica de pesquisa operacional que tem como base um modelo matemático não paramétrico de programação linear, cujo objetivo é analisar comparativamente unidades que melhor utilizam/produzem seus insumos/produtos de forma menos subjetiva. A eficiência calculada pelo DEA, que consiste na melhor relação entre insumo e produto, são medidos por meio da comparação de seus outputs e dos seus inputs com os outputs e inputs das outras DMUs (Decision Making Unit) da amostra. Assim, a DEA permite que se calcule a eficiência de cada DMU ao realizar comparações entre as unidades do grupo analisado, no intuito de destacar as melhores dentro dele. Dessa forma, o objetivo do presente trabalho é analisar a relação existente entre as despesas da saúde realizadas nos municípios do Rio Grande do Norte em 2014, buscando avaliar as políticas públicas desses municípios, por meio da análise entre os recursos (inputs) disponíveis e os resultados, ou melhor, o impacto dos serviços (outputs) prestados pelos mesmos. Portanto, o objetivo é verificar se os recursos orçamentários de cada um desses municípios estão sendo bem utilizados, para que isso se reflita nos seus indicadores de saúde, partindo da hipótese de que a eficiência não está relacionada à disponibilidade maior ou menor de recursos. Constatamos que é possível que um município gaste muito e, ao mesmo tempo, gaste mal os seus recursos, enquanto outro gasta pouco, porém, investe bem, usando-os com eficiência. Utilizar o modelo BCC da DEA, com orientação output, isto é, visando maximizar os outputs sem diminuir os inputs. Para análise foram considerados os seguintes Inputs: Gastos per capita com saúde (DATASUS), Despesas correntes (STN) e Despesa Total Saúde/Hab. por ano (Siops); e como Outputs: Óbitos por dengue (DATASUS), %Vacinas c/cobertura adeq (DATASUS), Cob equipes saúde bucal, Cob equipes atenção básica (DATASUS). Reconhecemos que parte significativa das políticas públicas tem como gargalo a otimização dos recursos públicos, que reflete diretamente nas disparidades e desenvolvimento socioeconômico das regiões e, consequentemente, na qualidade de vida da população
Área(s) temática(s):
Año:
2016
Tipo de publicación:
Paper/Extenso Congresos GIGAPP
Número:
2016-110
Serie:
VII Congreso Internacional en Gobierno, Administración y Politicas Públicas. GIGAPP 03-05 octubre 2016.
Dirección:
Madrid, España
Organización:
GIGAPP. Asociación Grupo de Investigacion en Gobierno, Administración y Políticas Públicas
Mes:
Octubre
Comentarios:
Trabalho concluído, como uma etapa parcial de uma pesquisa de doutorado desenvolvido por Terezinha Albuquerque no Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da Universidade Federal de Pernambuco com a colaboração da professora pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Estudos Urbanos e Regionais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, e professora do Departamento de Políticas Públicas Lindijane Almeida, ambas as autoras são pesquisadoras do "Observatório das Metrópoles"
Hits: 2484